Skip links

“Esta é a educação, compreendida como uma ajuda à vida. Uma educação desde o nascimento, que alimenta uma revolução pacífica e une todos num objetivo comum, atraindo-os como a um só centro. Mães, pais, políticos: todos devem combinar no seu respeito e ajuda a este delicado trabalho formativo, que a criança executa nas profundezas de um íntimo mistério psicológico, sob a tutela de um guia interior. Esta é a resplancente nova esperança para a humanidade.”
Maria Montessori

Somos a família de 2 Amores Pequeninos muito especiais. Ambos nasceram com uma doença rara. Desde cedo necessitaram de cuidados de saúde especializados e, como ambos têm alterações imunitárias, aconselharam-nos a que permanecessem em casa o máximo de tempo possível.

Após completar 3 anos, o nosso Amor Pequenino mais velho começou a demonstrar muita vontade em ir para a escola. Todos os dias questionava quando poderia ir para a escola. Isto partia-nos o coração… porque ele não podia… O ensino está de tal forma massificado que quase não existem escolas pequenas, com adultos preparados, que compreendam e respeitem as necessidades individuais de cada criança.

Queríamos um espaço que, além de seguro, guiasse o nosso filho no seu processo de autoconstrução, ajudando-o a desenvolver o seu potencial e as suas energias criativas, sem o limitar. Queríamos uma escola que o mantivesse íntegro em todas as suas dimensões – física, intelectual, emocional, moral e espiritual. Queríamos um ambiente preparado, propício à aceitação e integração do nosso filho, que motivasse a sua independência, com adultos preparados que o seguissem no seu desenvolvimento e nos seus interesses. E seria perfeito que, no mesmo sítio, conseguíssemos responder às suas necessidades de saúde e de educação.

E, desta vontade de querer o melhor para os nossos filhos, nasceu o Amor Pequenino – um projeto inclusivo, com permanência na essência da criança, com projeção do seu ser individual, das suas características únicas, da sua forma de ser e de estar no Mundo. Esta é e nossa segunda casa… sejam bem-vindos.

Pedido de informações